Movimento Amigos do Circuito das Águas Mineiro 

E-mail RSS
E-mail RSS
formats

[Matéria Externa] – Jornal Araxá – Indefinição na exploração de águas minerais é debatida na ALMG

Publicado em 12 de junho de 2015, por em Notícias.

Fonte: http://jornalaraxa.com.br/noticia/pagina/id/2453

Por: C/ALMG

Fim do contrato entre Copasa e Codemig pode trazer prejuízos para Araxá, Lambari, Cambuquira e Caxambu

Deputados criticaram ausência de representantes do governo na Audiência

Deputados criticaram ausência de representantes do governo na Audiência

Deputados e autoridades municipais mostraram-se preocupados com as consequências do fim do contrato entre Copasa e Codemig para exploração das águas minerais de Araxá, Lambari, Caxambu e Cambuquira.

(mais…)

formats

[Matéria Externa] – São Lourenço Jornal – Pode ser o fim das nossas águas

Publicado em 8 de abril de 2015, por em Notícias.

Fonte: http://www.saolourencojornal.com.br/site/?pg=noticia&id=3702#.VSSnmvnF_ih

Por: Luciana Dutra

SLJ01No Dia Mundial da Água, dia 22 de março, aconteceu em São Lourenço a entrega da Comenda Ambiental Estância Hidromineral em frente ao Parque das Águas. Durante o evento, diversas pessoas manifestavam contra a Nestlé, empresa responsável pelo engarrafamento e comercialização das águas da nossa cidade, e distribuíram uma carta com informações sobre esta exploração.

Entenda o caso

(mais…)

formats

[Matéria Externa] – São Lourenço Jornal – Nestlé se esquiva de perguntas sobre as águas de São Lourenço

Publicado em 8 de abril de 2015, por em Notícias.

Fonte: http://www.saolourencojornal.com.br/site/?pg=noticia&id=3710#.VSSnm_nF_ih

Por: Luciana Dutra

SLJ01

Na edição do São Lourenço Jornal de semana passada fizemos uma matéria sobre o fim das águas de São Lourenço. O Grupo Amar’Água distribuiu uma carta durante a Comenda Ambiental, informando a população sobre o extermínio das águas minerais de São Lourenço pela Nestlé.

 

 

 

(mais…)

formats

Pelo fim da exploração das águas de São Lourenço pela Nestlé Waters

Publicado em 27 de março de 2015, por em Entrada.

A importância desta Petição é pressionar os órgãos competentes da Cidade de São Lourenço – MG que tem como patrimônio suas águas minerais, a paralisação imediata da exploração e comercialização das águas do Parque das Águas da Cidade de São Lourenço – MG pela empresa Nestlé Waters. A exploração, praticada pela Nestlé Waters do Brasil, no interior do Parque das Àguas de São Lourenço, para a comercialização de águas envasadas, não é convenientemente respaldada por nenhum estudo técnico/científico que garanta a preservação, conforme exige a legislação das águas minerais gasosas e medicinais desta estância. Após a Nestlé assumir a empresa Águas de São Lourenço, a extração até então autorizada, de 8.000 litros/hora passou para 53.000 litros/hora, ou seja, houve um aumento de 560% na extração concedida pelo Departamento Nacional da Produção Mineral = DNPM. Precisamos de sua assinatura! Colabore!

Esta petição é muito importante e poderá fazer uso de nossa ajuda. Clique aqui para saber mais e assinar:
https://secure.avaaz.org/po/petition/Pelo_fim_da_exploracao_das_aguas_de_Sao_Lourenco_pela_Nestle_Waters/?pv=18

formats

[Matéria Externa] – ALMG – Audiência pública discute superexplotação da Nestlé em São Lourenço!

Publicado em 27 de março de 2015, por em Notícias.

Fonte: http://www.almg.gov.br/acompanhe/noticias/arquivos/2013/08/14_audiencia_comissao_das_aguas_sao_lourenco.html

*** Ata da Audiência Pública de São Lourenço ***

Especialistas pedem mudanças na legislação federal e cobram maior fiscalização sobre o uso desse recurso.

Na audiência, foi defendida a valorização dos aspectos ecológicos e socioculturais da água - Foto: Lia Priscila

Na audiência, foi defendida a valorização dos aspectos ecológicos e socioculturais da água – Foto: Lia Priscila

(mais…)

formats

[Matéria Externa] – Diário de S. Paulo – Uma cidade contra a Nestlé

Publicado em 27 de março de 2015, por em Notícias.

Uma cidade contra a Nestlé

formats

[Matéria Externa] – Carta Capital – Em guerra contra a Nestlé

Publicado em 27 de março de 2015, por em Notícias.

Fonte: http://www.cartacapital.com.br/sociedade/em-guerra-contra-a-nestle-3372.html

Por: Marina Almeida

Grupo de moradores e Ministério Público querem proteger o Parque das Águas de São Lourenço, em Minas Gerais, da exploração da multinacional. Da Agência Pública

(mais…)

formats

[Matéria Externa] – ISTOÉ Dinheiro – Pode ser a gota d’água

Publicado em 27 de março de 2015, por em Notícias.

Fonte: http://www.istoedinheiro.com.br/noticias/negocios/20150317/pode-ser-gota-dagua/241471.shtml

Por: Carlos Eduardo Valim

A briga da comunidade da estância mineira São Lourenço com a suíça Nestlé tem novo capítulo. Os moradores acusam a empresa de secar o famoso Parque das Águas do município e o Ministério Público pede que a empresa pague estudo de impactos ambientais.

(mais…)

formats

MP de São Lourenço instaura Inquérito Civil Público contra Nestlé Waters!

Publicado em 22 de abril de 2013, por em Notícias.

Fonte: http://aguasdesaolourenco.wordpress.com/

formats

Tribunal suíço condena Nestlé e Securitas por espionagem

Publicado em 18 de março de 2013, por em Notícias.

Um grupo de trabalho do movimento ATTAC preparava um livro sobre a Nestlé e abriu as suas portas a uma voluntária que dizia querer colaborar no projecto. Descobriu-se mais tarde que se tratava de uma funcionária da Securitas que, por sua vez, fora contratada pela Nestlé para recolher informações sobre o grupo da ATTAC.

 

Segundo a edição de hoje do diário suíço Neue Zürcher Zeitung, as duas queixosas, ambas participantes do grupo do ATTAC, invocaram a violação da sua privacidade pela mandante (Nestlé) e pela mandada (Securitas AG, de origem suíça, diferente do grupo que opera em Portugal com o mesmo nome).

 

O tribunal de Waadt mandou indemnizar cada uma delas na quantia de 3.000 francos suíços. Apesar do montante limitado das indemnizações, a ATTAC suíça acolheu com grande satisfação o veredicto judicial, pelo significado que tem e pelo precedente que cria.

 

Fonte: http://www.rtp.pt/noticias/index.php?article=622671&tm=7&layout=121&visual=49